Área de Circonvinvência _ BRINCADEIRAS CIRCENSES

intervenções e estações de vivências nas artes circenses com jogos e brinquedos 

O projeto ÁREA DE CIRCONVIVÊNCIA proporciona ao público uma interação com diversas habilidades, brincadeiras, brinquedos e jogos para estimular a criatividade e a experimentação do pensamento e das técnicas circenses por meio de intervenções artísticas e vivências em “estações”. 

Estações de experimentação com brincadeiras, brinquedos, intervenções e jogos com as técnicas circenses e formas divertidas de lidar com conquistas, desafios, derrotas, perseverança, erros, acertos e muito mais!   Malabarismos, Equilíbrios, Bolas, Claves, Aros, Pratos, Piões, Ioiôs, Biboque, Brinquedos, Bambolês e muito mais! Um espaço par ver e vivenciar a arte circense com monitoria e apresentações.

O projeto intercala as vivências com intervenções no diálogo com o público entre orientação, intervenção, monitoria e acompanhamento para a iniciação às técnicas e artes circenses. Área de Circonvivência é um projeto idealizado por Artur Faleiros que nasceu em parceria com a companhia Amálgama em Outubro de 2023 e no mesmo ano teve 12 edições para dar inicio aos trabalhos com uma mini temporada no SESC 24 de Maio e a circuação por oito cidades junto ao #CIrcuitoSESCdeArtes2023.

Faixa etária: 3 a 120 anos – crianças de até 14 anos deverão estar acompanhadas de responsáveis durante a atividade que são convidados para participação ativa na brincadeira, nos desafios e no aprendizado! 

Seminário Circense – Percursos e Processos de Criação

De 29 de Maio a 03 de junho de 2023 o “Mundo do Circo” recebe a 1ª edição do Seminário Circense – Percursos e Processos de Criação. A programação tem duas rodas de conversa que acontecem no formato remoto/virtual, cinco oficinas presenciais e uma apresentação do espetáculo Malabamétrico. Todas as atividades são gratuitas, vinculadas à companhia AMÁLGAMA e fazem parte do projeto CIRCULAÇÃO MALABAMÉTRICO foi contemplado pelo edital ProAc 08/2022 e realizado por Artur Faleiros e conta com apoio do “Mundo do Circo” e da companhia AMÁLGAMA. A apresentação do espetáculo e as oficinas acontecem na Lona do Mundo do Circo.

O Seminário reúne propostas em busca de compartilhar reflexões, ferramentas e métodos para dar suporte à experimentação, inventividade, criatividade, produção e formação de público circense.  As cinco oficinas serão ministradas por Artur Faleiros (2), Gui Bressane, Laura Faleiros e Marina Viski, integrantes da companhia paulistana de circo AMÁLGAMA.  Para participar das oficinas é necessário preencher o formulário (clique aqui e inscreva-se). Cada oficina têm 20 vagas que serão preenchidas em ordem de chamada com confirmação via e-mail com inscrições a partir do dia 02 de Maio. As rodas de conversas serão realizadas em formato virtual e podem ser acompanhadas pelo canal do youtube (@arturfaleiros). 

Programação:

 29/05 – segunda – (19h30) _ CIRCO DE DEBATES – Roda de Conversa sobre Gestão de carreriras artísticas [APENAS ONLINE] Para participar, acesse o canal no youtube: @arturfaleiros – clique aqui e acesse (+ informações)

30/05 – terça – (11h00 às 13h00) _ A dança acrobática como estímulo pro movimento (Marina Viski) (+ informações)   MUNDO DO CIRCO – Mundo do Circo – Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru (ao lado do metrô carandiru)

31/05 – quarta – (11h00 às 13h00) _ Princípios da dança aplicados à prática circense (Laura Faleiros)  (+ informações) MUNDO DO CIRCO – Mundo do Circo – Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru (ao lado do metrô carandiru)

31/05 – (19h30) _ CIRCO DE DEBATES – Roda de Conversa [APENAS ONLINE] canal no youtube: @arturfaleiros – para participar, clique aqui (+ informações)

01/06 -quinta – (11h00 às 13h00) _ Mímica nas Artes Circenses  (Gui Bressane)   (+ informações) MUNDO DO CIRCO – Mundo do Circo – Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru (ao lado do metrô carandiru)

02/06 – (11h00 às 13h00) – Linguagem, Conceitos e Códigos Circenses (Artur Faleiros ) (+ informações) 02/06 – (14h00 às 16h00) – Práticas e Percursos da Criação Circense (Artur Faleiros )   (+ informações) MUNDO DO CIRCO – Mundo do Circo – Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru (ao lado do metrô carandiru)

03/06 (17h) _ Espetáculo “Malabamétrico” – Criação e intérprete: Artur Faleiros (+ informações)  MUNDO DO CIRCO – Mundo do Circo – Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru (ao lado do metrô carandiru)

29 de Maio a 03 de Junho – Seminário Circense: Percursos e Processos Criativos.

Local das atividades presenciais: Mundo do Circo – Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru (ao lado do metrô carandiru)

Atividades gratuitas – Classificação Livre

Circo de Debate – Rodas de Conversa

De 29 de Maio a 03 de junho de 2023 o “Mundo do Circo” recebe a 1ª edição do Seminário Circense – Percursos e Processos de Criação. Além da programação presencial, duas rodas de conversa acontecem no formato remoto/virtual para estimular relfexões sobre o fazer circense. Todas as atividades são gratuitas, vinculadas à companhia AMÁLGAMA e fazem parte do projeto CIRCULAÇÃO MALABAMÉTRICO foi contemplado pelo edital ProAc 08/2022 e realizado por Artur Faleiros. A apresentação do espetáculo e as oficinas acontecem na Lona do Mundo do Circo.

#CIRCODEDEBATES Espaços de reflexão, trocas e questionamentos sobre processos de criação e “fazeção circense” em rodas de conversas e discussões sobre o encontro dos temas: “Circo contemporâneo”; “Criação” e “Processos Criativos”. A cada rodada, Artur Faleiros convida artistas circenes para participarem da dinâmica. Os encontros são virtuais, via plataforma zoom , com espaços de participação ativa, também, para o público. Nas duas edições das rodas de conversa do “Seminário Circense – Percursos e Processos de Criação” participa a cia Amálgama com Artur Faleiros (mediador), Gui Bressane, Laura Faleiros e Marina Viski.

Ao vivo em: https://www.youtube.com/arturfaleiros

Mais informações: www.faleiros.art/circo-de-debates

29/05 (19h30) _ Circo de debates – Roda de conversa sobre “Gestão de carreiras artísticas”, Uma reflxão sobre a atuação de artistas circenses no mercado, na sala de ensaio, na produção e planejamento de atuação e ação.

31/05 (19h30) _ Circo de debates – Roda de conversa sobre “Percursos e processos de criação”, uma reflexão sobre a (des)organização em processos artísticos. Nesta edição serão compartilhados pensamentos e processos individuais e coletivos da companhia na criação de números e espetáculos.

Além das rodas de conversa o Seminário também organiza uma programação com cinco oficinas e uma apresentação do espetáculo #Malabamétrico, todas as atividades são gratuitas e acontecem no Mundo do Circo (exceto as rodas de conversa)

Oficina – Linguagem, Conceitos, Códigos e Percursos -Artur Faleiros

02/05, das 11h00 às 13h00 _ Linguagem, Conceitos e Códigos Circenses _ Oficineiro: Artur Faleiros – Duração: 2h – Vagas: 20 

02/05, das 14h00 – 16h00 – Práticas e Percursos da Criação Circense _ Oficineiro: Artur Faleiros – Duração: 2h – Vagas: 20 

Local da atividade: Mundo do Circo – Parque da Juventude – Ao lado da estação de metrô “Carandiru”

Artista, comunicador e produtor, é formado em Comunicação Social – Relações Públicas pela UNESP – Universidade Estadual Paulista. Artista circense desde 2008 exerce as funções de malabarista, ator, palhaço, diretor circense e sonoplasta.  Desde 2017 atua como formador circense como oficineiro em diferentes projetos e em 2022 lançou o livro “#APostiLAB – LABORATÓRIOS CIRCENSES: 63 práticas autônomas para criações”. É criador\intérprete dos espetáculos “Amálgama”, e dos solos “Malabamétrico” e “MCirco”, os últimos dois espetáculos foram premiados pelos 1º e 6º Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo  e  três vezes pelo ProAc nas edições 08/2020; 10/2021 e 08/2022. Participou do Circuito SESC das Artes 2017 – Ocupação Circo no Beco, da Virada Cultural (2016 e 2017 e 2019) e das Convenções Nacionais de Circo (Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai). Fora do circo atua como produtor cultural como Microempresário em uma perspectiva de auto-gestão em sua carreira artística.

Linguagem, Conceitos e Códigos Circenses _ A oficina aborda uma série de palavras chaves, conceitos e códigos que delimitam e influenciam no pensar e no fazer circense e é pensada no formato expositivo para estimular a reflexão e a discussão sobre o desenvolvimento da linguagem (02 de Junho, 11h)

Práticas e Percursos da Criação Circense _ Uma abordagem sobre o planejamento de processos de criação. Serão elaborados, colaborativamente, desenhos de alguns possíveis percursos e planos. (02 de Junho, 14h)

O Seminário Circense reúne propostas em busca de compartilhar reflexões, ferramentas e métodos para dar suporte à experimentação, inventividade, criatividade, produção e formação de público circense.  Para participar das oficinas é necessário preencher o formulário. Cada oficina têm 20 vagas que serão preenchidas em ordem de chamada com confirmação via e-mail.

Oficina – Mimica nas artes circenses – Gui Bressane

01/06, das 11h00 às 13h00 _ Mímica nas Artes Circenses  _ Oficineiro: Gui Bressane – Duração: 2h – Vagas: 20

Local da atividade: Mundo do Circo – Parque da Juventude – Ao lado da estação de metrô “Carandiru”

Gui Bressane começou sua carreira no Circo Vox em 2003, onde foi professor e artista em diferentes espetáculos. Há mais de vinte anos na área do circo, aprendeu técnicas de acrobacia, mímica, dança e se especializou na técnica do malabarismo. Idealizou o projeto “Vero Cubo”, um trabalho solo que pesquisa a relação entre o malabarismo de rebote e formas geométricas, contemplado pela 1ª Edição de Fomento ao Circo e Prêmio Carequinha em 2014. Também com esse projeto participou do Circuito Municipal de Cultura e pode circular por diferentes zonas de São Paulo com o apoio do edital Xamego em 2016. Teve sua experiência como professor de malabarismo e circo no Tendal da Lapa, no Circo Vox, na escola Santa Marcelina, na escola Cooperativa e em diferentes laboratórios de criação ministrados pela Amálgama Circo. Nos últimos anos além de seu trabalho solo, dedica-se também aos trabalhos em grupo sendo fundador da Cia Dópuli e co-fundador do grupo Amálgama Circo.

A oficina aborda alguns princípios da mímica corporal de Étienne Decroux (partituras de lateralidade, profundidade e torção) e aspectos de dinâmicas de movimento, caminhares e espacialidade para experimentar alguns benefícios da mímica para as cenas circenses.

O Seminário Circense reúne propostas em busca de compartilhar reflexões, ferramentas e métodos para dar suporte à experimentação, inventividade, criatividade, produção e formação de público circense.  Para participar das oficinas é necessário preencher o formulário. Cada oficina têm 20 vagas que serão preenchidas em ordem de chamada com confirmação via e-mail.

Oficina – Princípios da dança aplicados à prática circense – Laura Faleiros

31/05, das 11h00 às 13h00 _ Princípios da dança aplicados à prática circense

Oficineira: Laura Faleiros – Duração: 2h30 – Vagas: 20

Local da atividade: Mundo do Circo – Parque da Juventude – Ao lado da estação de metrô “Carandiru”

Laura Faleiros cursou e concluiu simultaneamente a Escola Nacional de Circo/RJ (ENC) e o curso de licenciatura em Dança da Faculdade Angel Vianna (FAV) no ano de 2013. Trabalhou com diversas companhias de circo no Brasil e no Exterior como Up Leon, Irmão Brothers Band e Circo Delírio. Entre 2018 e 2019 circulou com seu primeiro solo “HulaLá” por festivais entre Brasil, Itália e Polônia. Em 2021 teve seu solo “As Pirações” contemplado pelo Edital PROAC de produção circense. Atualmente além do seu trabalho individual, desenvolve um trabalho de pesquisa e criação junto à Cia. Amálgama, à Cia Vick&Greta e é artista convidada da Trupe Caravana Tapioca no espetáculo Lalaiá. Em busca de desenvolver uma assinatura corporal e aprofundar conhecimentos diversificados, buscou formações com grandes mestres do circo, da dança e do teatro da atualidade como Mikel Ayalla, Dudude Hermann e Luis Louis, e vem trabalhando o hibridismo dessas linguagens em todos seus trabalhos mais recentes.

A oficina pretende abordar as diversas linguagens circenses trazidas por cada um dos participantes a partir de conceitos da dança elaborados por Rudolf Laban. A proposta visa trazer outras camadas e possibilidades de exploração estética à prática circense.

O Seminário Circense reúne propostas em busca de compartilhar reflexões, ferramentas e métodos para dar suporte à experimentação, inventividade, criatividade, produção e formação de público circense.  Para participar das oficinas é necessário preencher o formulário. Cada oficina têm 20 vagas que serão preenchidas em ordem de chamada com confirmação via e-mail.

Oficina – A Dança acrobática como estímulo para o movimento – Marina Viski

30/05, das 11h00 às 13h00 _ A dança acrobática como estímulo para o movimento _

Oficineira: Marina Viski – Duração: 2h30 – Vagas: 20

Local da atividade: Mundo do Circo – Parque da Juventude – Ao lado da estação de metrô “Carandiru”

Marina Viski é formada em Relações Públicas pela Escola de Comunicações e Artes da USP, pós graduada em Corpo: dança, teatro e performance pela Escola Célia Helena e estudante de Fisioterapia na Unip. Consolidou o início de sua trajetória circense no Galpão do Circo (SP), e se especializou em lira e dança acrobática, com professores como Bel Mucci, Veronica Piccini, Tássio Folli, Diogo Granato e Henrique Lima. Em 2017 se formou Aprendiz do Galpão do Circo, onde adquiriu técnicas como acrobacia, portagem e malabarismo. É intérprete-criadora da cia Amálgama, intérprete na Cia do Relativo, fundadora e intérprete do duo com a trapezista Veronica Piccini e pesquisadora de dança acrobática. Já circulou com o solo Cotidiano pelo Fomento de Criação de Número Circense (SP), apresentou em festivais e convenções como Festival Paulista de Circo de São Paulo 2017, Mundo de Ludovico na Sala São Paulo 2017, Picadeiro Móvel no Rio de Janeiro 2018, Circo no Beco, Troca em Cena e 5ª Convenção Carioca.

Oficina para quem tem interesse de usar a acrobacia à serviço da cena. A proposta tem o objetivo de oferecer repertório de movimento e experimentar a dança acrobática a partir das diversas linguagens circenses.

O Seminário Circense reúne propostas em busca de compartilhar reflexões, ferramentas e métodos para dar suporte à experimentação, inventividade, criatividade, produção e formação de público circense.  Para participar das oficinas é necessário preencher o formulário. Cada oficina têm 20 vagas que serão preenchidas em ordem de chamada com confirmação via e-mail.

LABDECIRCO – INSCRIÇÕES ABERTAS


Estão abertas as inscrições para mais duas edições do Laboratório de Criação Circense. São duas turmas previstas para Junho e Agosto de 2023 com chamadas para artistas Circenses que queriam trabalhar na criação de números individuais em processos compartilhados!  Podem se inscrever artistas maiores de 16 anos para toda e qualquer linguagem técnica Circense que queriam criar ou aprimorar um número ou espetáculo Circense! A atividade é gratuita e realizada no Centro Cultural Tendal da Lapa por meio do “Edital de Oficineiros” da Prefeitura Municipal da Cidade de São Paulo e Secretaria Municipal de Cultura.

Turma 1 | 13 a 29 de Junho |das 9h às 13h | 20 vagas

Turma 2 | 15a 31 de Agosto | das 9h às 13h | 20 vagas

#LaboratórioDeCriaçãoCircense é uma residência artística de criações individuais em processos compartilhados. Uma experiência artística focada no intercâmbio e compartilhamento de jogos, ferramentas e métodos de pesquisa, investigação e criação entre e para artistas circensese. Em 2022 o projeto lançou ainda a #ApostiLAB – Laboratórios Circenses: 63 práticas autônomas para criações” eo #LABCursos – “cursos de extensão”, O @labdecirco é uma produção “Faleiros.ART” e tem como objetivo estimular o intercâmbio artístico e gerar um ambiente criativo fértil para contribuir com o desenvolvimento de cenas solo. O projeto funciona como uma residência artística de criações individuais em processos compartilhados

Este ano a novidade é que o Laboratório de Criação Circense se conecta ao #ProgramaVocacional com a possibilidade de extender para participantes a possibilidade de se manter em pesquisa, criação e aprimoramento.

Vocacional – CIRCO

De Abril até o final do ano de 2023 estão abertas as inscrições para participação de artistas circenses nos encontros do Programa Vocacional em Circo com Artur Faleiros no Tendal da Lapa! São duas turmas diferentes com encontros semanais e gratuitos, uma às terças (malabarismo) e uma às quintas (criação em circo). As atividades são parte do #ProgramaVocacional em uma parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura, a Secretaria Municipal de Educação, para esta atividade especificamente, com o Tendal da Lapa.

(Turma 1) Terças, 18h às 21h – Malabarismo:treino aberto com orientação artística direcionada para investigação técnica e composição de sequências. Para participar dessa turma é só chegar e acompanhar os treinos! É necessário fazer a inscrição, mas a turma funciona no formato curso livre. Qualquer pessoa maior de 14 anos pode participar e basta comparacer ao Tendal da Lapa.

(Turma 2) Quintas, 18h às 21h – Orientação artística e acompanhamento de criações: Vagas para grupos e/ou artistas circenses trabalharem suas criações com acompanhamento, olhar externo e orientações artísticas. Para participar das turmas de quinta estão abertas as inscrições! Os acompanhamentos são personalizados para cada grupo/artista conforme as demandas, emergências e necessidades de cada! Esta turma é dedicada a processos de criação em circo. A cada mês será organizada uma escala de trabalho para orientação e atendimento de grupos e artistas. Uma vez por mês, na última quinta-feira do mês, o grupo terá uma ação cultural coletiva no formato de “espetáculo de variedades” com apresentações das criações em processo.

Além destas duas turmas o #ProgramaVocacional oferece dezenas de cursos espalhados por todas as regiões da cidade de São Paulo com Orientações Artísticas para as linguagens do Circo, Dança, Teatro, Música, Literatura, Audiovisual e Artes Visuais. O Vocacional orienta pessoas a partir de 14 anos, com a finalidade de promover a ação e a reflexão sobre a prática artística, a cidadania e a ocupação dos espaços públicos da cidade de São Paulo. Com uma equipe de coordenadores e artistas-orientadores contratados anualmente, atua preferencialmente em equipamentos da Secretaria Municipal de Cultura e da Secretaria Municipal de Educação.. Acesse o instagram do programa para mais informações (link)

CIRCULAÇÃO MALABAMÉTRICO

De 05 de Maio a 3 de Junho a criação de Artur Faleiros, “Malabamétrico”, entra em circulação pelo estado de SP com 10 apresentações.  São quatro apresentações na capital e outras seis que acontecem em Bauru, Campinas, Iracemápolis, Ribeirão Preto, Salesópolis e Sorocaba. Este projeto foi realizado com apoio do ProAc08/2022. Todas as apresentações são gratuitas.

SINOPSE – MALABAMÉTRICO é uma criação solo de circo-dança-teatro com interpretação de Artur Faleiros. Em cena um malabarista com Transtorno Obsessivo Compulsivo vivencia a busca eterna de uma apresentação impecável.  Uma coreografia milimetricamente marcada permeada de improvisações absurdas que unem malabarismo, acrobacia e dança com toques de limpeza, destreza e fracassos. Uma apresentação na medida.

AGENDA INTERIOR – Sorocaba, Iracemápolis, Salesópolis, Campinas, Ribeirão Preto e Bauru

05/05 (16h) – Sorocaba (SP) – Instituto Humberto de Campos – R. Rosa Maria de Oliveira, 333 Jardim Zulmira

. 06/05 (19h30) – Iracemápolis (SP) – Praça da Bíblia – R. Luís Martinati, 80-166 – Jardim Lazaro Onorio de Oliveira * integrado ao 6º Festival de Circo de Rua Pé de Cana e comemoração de 10 anos da Cia Pé de Cana [Aberta ao público]

12/05 (17h45) – Salesópolis (SP) – Escola Estadual Ola Chakur Farah –  Av. Antônio Paulino de Miranda, 101

21/05 (16h) – Ribeirão Preto (SP) – Arena Esportiva Casagarande – Av. Ettore e Aurora Coraucci – Maria Casagrande Lopes *junto à abertura do Campeonato de Futebol Maria Casagrande Lopes [Aberta ao público]

26/05 (17h) – Bauru (SP) – Escola Estadual Plínio Ferraz – R. Riachuelo, 8-41 – Vila São Francisco

27/05 – (20h) Campinas (SP) – Casarão Cultural – R. Aracy de Almeida Câmara – Barão Geraldo

APRESENTAÇÕES EM SÃO PAULO (SP)

10/05 (16h) EMEF José Américo de Almeida – R. Altos do Oiti, 537 – Vila Helena (Z/L)

19/05 (15h) Escola Estadual Cynira STocco – Av. Elisio Teixeira Leite, 4511 – Vila Brasilandia (Z/N)

22/05 (20h30) Circo no Beco – Rua Belmiro Braga, s/ nº – Vila Madalena (Z/O) [Aberta ao público]

03/06 (17h) Mundo do Circo – Avenida Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru (Z/N) [Aberta ao público]

“Malabamétrico” uma criação de Artur Faleiros. Um espetáculo solo de circo – dança – teatro que teve início em 2014 com a criação de uma cena curta da personagem que ao decorrer dos anos ganhou corpo, estrutura e outras cenas. Em 2018 estreou sua 1ª versão de espetáculo com 25 minutos de duração, em 2019 com chegou a 40 minutos de cenas e em 2022 passou por renovação para se adaptar a espaços alternativos! A criação articulou a participação de dezenas de pessoas ao longo dos anos e conta com quatro prêmios em sua trajetória: Edital de Apoio à Criação – Linguagem Circo junto á Secretaria Municipal de Cultura (2018); ProAc 08/2020 – Registro e Licenciamento para Difusão na Plataforma Cultura em Casa; 6º Fomento ao Circo  com o projeto “Renovação, Intercâmbio e Circulação – Malabamétrico” (2021) e ProAc 08/2022 – Circulação / Circo Circulação de Espetáculo.

FICHA TÉCNICA DO PROJETO “CIRCULAÇÃO MALABAMÉTRICO”

Criação, Direção e Coordenação de Produção: Artur Faleiros (@faleiros.art) 

Trilha Sonora: Henrique Mendonça | Designer: Nathália Barreiro |

Produção Executiva: Furcifer Scher | Produção Local (SP): Priscila Sayuri

SERVIÇO:

Espetáculo: Malabamétrico  | Intérprete: Artur Faleiros | Entrada gratuita | Classificação Livre

Duração média: 40 minutos  | Este projeto foi realizado com apoio do ProAc – 08/2022 – Circulação / Circo Espetáculos

Residência Autônoma 2022

Esta publicação é um olhar sobre proceso criativo do espetáculo dentro do projeto “Malabamétrico: Renovação Intercâmbio e Circulação”. Um olhar para a segunda etapa do projeto, chamada #ResidênciaAutônoma. O projeto previa cinco meses de residência com a meta de chegar a 60 dias de trabalho e uma carga horária de 180 horas investidas em ensaios, cursos, laboratorio, rodas de conversa, mostra de processo, pesquisa, criação, cenografia, escrita de roteiro etc e pediu adequaçao de cronograma para extender a residên residência mais um mês. A mudança veio para possibilitar um mês de assimilação individual e preparação para a saida de residência e entrada em circulação. Ao todo, foram seis meses de #ResidênciaAutônoma, com 268 horas investidas em 81 dias de trabalho. Foram 20 dias de cursos, 10 dias de Laboratório de Criação Circense, seis dias de rodas de conversa, uma mostra de processo e pelo menos 38 dias dias de trabalhos individuais em processo de criação com foco na renovação do #Malabamétrico, para uma nova versao que pudesse ser feita em espaços alternativos e com menos estrutura.Na “saida de residência”, o #Malabamétrico teve a oportunidade de realizar seis apresentações para testar sua nova versão com o publico e seguir em proceso de assimilaçao, renovação e intercâmbio.

Esta publicação foi elaborada para apresentar uma perspectiva sobre o processo criativo do espetáculo “Malabamétrico”, especialmente, um olhar para a 2ª etapa do projeto “Malabamétrico: Renovação, Intercâmbio e Circulação” chamada de #ResidênciaAutônoma, correspondente ao período do processo criativo no projeto. Ao todo foram seis meses de trabalho em sala de ensaio com diversas atividades em uma carga horária total de 268h investidas!

Este projeto foi contemplado pela 6ª edição do programa de Fomento ao Circo para a cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura.

Malabamétrico – Trajetória

Esta públicação integra um bloco de três publicações e traz uma retrospectiva do processo de criação do espetáculo de 2014 a 2022. Este projeto foi contemplado pela 6ª edição do programa de Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura

Malabamétrico e um espetáculo solo de circo-dança-teatro que começou em 2014 e desenvolveu-se a partir de um “número circense”. Em criaçao continuada junto à tentativa e erro em apresentações, o número circulou pelo Brasil (SP, RJ, MG, SC e GO) e tambem cirtculou por Paraguai, Uruguai, Argentina, França e Italia. Em 2018, contemplado pelo 1º Edital de Criação Artistica – Linguagem Circo a criação chegou a sua 1ª versão como espetaculo, com 25 minutos de duração. E 2019 concebeu uma versão no primeiro semestre, e outra no segundo. Em 2020 e 2021, em meio à pandemia, o espetáculo se transformou novamente, e com apoio do ProAc 08/2020 – Registro e Licenciamento de Espetaculos Circenses para a Plataforma CulturaEmCasa imergiu novamente nos estudos da dramaturgia da obra, criou uma versão de “Cine Circo”. Em 2022, o projeto foi contemplado pela 6ª edição do Programa de Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo e passou por intenso processo de #ResidênciaAutônoma em formação, intercambio e renovação do espetáculo!

artigo – criador e criatura

Finalizando as ações de contrapartida do projeto “Malabamétrico: Renovação, Intercâmbio e Circulação” desenvolvi um artigo elaborando sobre a trajetória de senvolvimento, criação e aprimoramento do Malabamétrico. Este projeto foi contemplado pela 6ª edição do programa de Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura

RESUMO

Este artigo trata sobre o processo de criação de uma obra circense – #Malabamétrico de Artur Faleiros- em uma abordagem sobre sua trajetória, percursos e o contexto no qual se insere. Para além de seus processos criativos e inventivos, também observa os métodos  e pensamentos aplicados na criação. De forma conectada a esta trajetória e criação também se aborda o aprimoramento técnico e artístico de criador, criação e criatura bem como sobre os percursos formativos, residências artísticas, a criação do Laboratório de Criação Circense e a escrita do livro “#ApostiLAB: – LABORATÓRIOS CIRCENSES: 63 práticas autônomas para criações” com outras ferramentas que  margeiam e se junta-põem aos processos de criação, aprimoramento e desenvolvimento do #Malabamétrico e a minha como artista, autor, produtor cultural e orientador artístico, trago neste artigo um resumo da trajetória em retrospectiva da criação do espetáculo. Desde seus primeiros traços na criação de um número circense com a duração de cinco minutos até o seu desenvolvimento atual com 35 minutos de cena e a construção de uma rede de apoio com diversas pessoas atuando na produção, técnica, trilha sonora etc.   

[LIVE] #Malabamétrico (05/11/2022)

No sábado, 05 de Novembro, o Galpão Jambu abre as portas para uma apresentação presencial com transmissão ao vivo do solo #Malabamétrico. A apresentação acontece às 19h, com chegada à partir das 18h30. O público poderá contribuir voluntariamente, ao chapéu, para colaborar com a gestão do espaço.

MALABAMÉTRICO é uma obra solo de circo-dança-teatro com criação e interpretação de Artur Faleiros. Em cena uma personagem com Transtorno Obsessivo Compulsivo luta contra suas próprias paranóias para realizar uma apresentação na medida!  Uma coreografia milimetricamente marcada, permeada de improvisações absurdas que unem malabarismo, acrobacia e dança com toques de limpeza. 

Criação, Interpretação e Realização: Artur Faleiros

Trilha Sonora: Henrique Mendonça; Produção: Luiza Alves e Fernanda Vilela; Técnico: Guilherme Boranga; Equipe de transmissão e Câmera: Henrique Lima e Luiza Alves

Este Projeto foi contemplado pela 6ª edição do Programa de Fomento ao Circo para a CIdade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura

Rua Marco Aurélio, 564 – Lapa – São Paulo (SP)

Solo “Malabamétrico” circula pela capital no mês de Outubro

Com 6 apresentações, o espetáculo vai às zonas norte, sul, leste, oeste, centro e ao mundo virtual 

A partir da sexta-feira (14/10), o espetáculo, Malabamétrico de Artur Faleiros, entra em circulação pelas zonas norte, sul, leste, oeste e centro da cidade de São Paulo, além de uma última apresentação com transmissão ao vivo! As apresentações são gratuitas e vão até  sábado (05/11). A circulação faz parte do projeto “Malabamétrico: Renovação, Intercâmbio e Circulação” contemplado pela 6ª edição do Programa de Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo. Depois de seis meses de residências (e anos de processo), entra em circulação.

Malabamétrico é uma obra solo de circo-dança-teatro com criação e interpretação de Artur Faleiros. Em cena um malabarista com Transtorno Obsessivo Compulsivo luta contra suas próprias paranóias na busca de uma apresentação impecável.  Uma coreografia milimetricamente marcada permeada de improvisações absurdas que unem malabarismo, acrobacia e dança com toques de limpeza. Uma apresentação na medida. O espetáculo tem duração média de 35 minutos  e classificação livre. Recomendado para maiores de 08 anos. 

AGENDA DAS APRESENTAÇÕES:

15/10 – CCSP – Centro Cultural São Paulo (16h30) 

19/10 – CFC Cidade Tiradentes (14h)
20/10- CEU Uirapuru (16h)
27/10 – Circo Social Brasilândia (14h)  

05/11 – Treme Galpão – LIVE e presencial (19h)
18/11 – CEU Cantos do Amanhcer (11h)

FICHA TÉCNICA

Criação, Direção e Produção Executiva: Artur Faleiros (@faleiros.art) 

Trilha Sonora: Henrique Mendonça (@henrique.mendonc)

Fotos: Karina Iliescu

Artes Gráficas: Nathália Barreiro (@nathibarreiro)

Ilustrações: Pincel Atômico – Lucas Fontana (@fontanalucasfontana)

Produção artística: Luiza Alves  (@a___luiza) 

Assistente de produção: Fernanda Vilela (@fernanda.equilibre) 

Para Artur Faleiros “é uma alegria imensa poder circular com este espetáculo! venho trabalhando nele com muitos percalços e muitos achados. É uma pesquisa que tem me ajudado muito a me aprimorar como artista. Tô muito feliz com os avanços do projeto e aproveito pra dizer que 2023 vai ter mais! Tem circulação aprovada pelo ProAc 2023 na capital e interior! Agora é se jogar na pista, experimentar e experienciar com o público!”

Para outras informações sobre o espetáculo acesse: www.faleiros.art/malabametrico

ESTE PROJETO FOI CONTEMPLADO PELA 6ª EDIÇÃO DO PROGRAMA DE FOMENTO AO CIRCO PARA A CIDADE DE SÃO PAULO – SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

#CircoDeDebates: MÉTODOS DE PESQUISA, INVESTIGAÇÃO, CRIAÇÃO 

Na orientação e na criação autoral, como organizar processos? Quais os exercícios e métodos que mais marcam sua trajetória artística? Quais caminhos podemos almejar quando pensamos sobre processos de criação de espetáculos solos? Que Caminhos podemos pensar para nos manter em aprimoramento na criação e artísticamente?

No dia 19/09 aconteceu a 3ª edição do #CircoDeDebates e desta vez conta com a participação de Daniel Satin e Laura Faleiros, que atuam como artistas e com orientações artísticas. Para esta roda de conversa a pergunta disparadora que do encontro foi: quais metodologias são indispensáveis num processo de pesquisa / investigação circense? Satin e Laura foram, respectivamente, responsáveis pelo primeiro e último curso do processo de #ResidênciaAutônoma na renovação do espetáculo malabamétrico no projeto junto ao Fomento ao Circo.

#CIRCODEDEBATES: Espaços de reflexão, trocas e questionamentos sobre processos de criação e “fazeção circense” em rodas de conversas e discussões sobre o encontro dos temas: “Circo contemporâneo”; “Criação” e “Processos Criativos”. A cada rodada, Artur Faleiros convida duas pessoas para participarem da dinâmica. Os encontros são virtuais e gratuitos, via plataforma zoom , com espaços de participação ativa, também, para o público caso haja interesse. O encontro pretende abordar, a partir de relatos pessoais e de uma dinâmica de perguntas “aleatórias”, uma roda de conversa sobre processos de criação.

Convidades: Daniel Satin e Laura Faleiros

Daniel Satin é colombiano, palhaço, bufão, artista plástico e circense há mais de 12 anos. Atualmente reside em SP e tem um espetáculo solo e uma companhia com seus dois irmãos, no grupo Família Barmu. Satin já viajou por diversos países do mundo apresentando espetáculos circenses e fazendo formação em palhaçaria e teatro físico. Sua formação é dada em tentativa e erro nas ruas, praças, parques, teatros, lonas de circo ou qualquer outro espaço não convencional. Além de seu esforço e dedicação no aperfeiçoamento empírico de suas técnicas, Satin já fez diversos cursos que ajudaram a construir seu modo de atuar a partir da fusão de outros estilos e habilidades.

Laura Faleiros trabalha com circo desde 2005. Se formou pela Escola Nacional de Circo no Rio de Janeiro e pela Faculdade Angel Vianna de Dança. É fundadorada CIa AMÁLGAMA, da Cia Bapho e artista convidada de outras companhias como Irmãos Brothers, Cia Crescer e Viver, Circo Amarillo, entre outras. Nos últimos anos esteve em mais de dez países entre America Latina e Europa em projetos de circulação, pesquisa e trabalho. Em 2021 foi contemplada pelo Edital ProAc através do qual desenvolveu o formato atual do seu solo “AsPirações”.

Esta  atividade integra o programa de #ResidênciaAutônoma na renovação do espetáculo #Malabamétrico. Este projeto foi contemplado pela 6ª edição do programa de Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura

#ComunicaArtista – Técnicas e Ferramentas de Comunicação para projetos culturais e artísticos

Artur Faleiros faz lançamento de vídeo aula gratuita com dicas, informações e exercícios de redação para Release e Sinopse. Direcionado para artistas e profissionais da produção cultural a vídeo aula pretende contribuir com o aprimoramento técnico na criação e produção cultural por meio do compartilhamento de Técnicas e Ferramentas de Comunicação para produção de projetos culturais e artísticos… O  vídeo fica disponível no site (www.faleiros.art/comunica-artista) e no canal do youtube (Artur Faleiros) por tempo indefinido.

A aula traz uma introdução sobre release e sinopse em busca de explicar a diferença entre eles; a linguagem que de cada texto . A vídeo-aula faz uma introdução e traz dicas, informações e exercícios práticos para estimular a redação e oxigenar processos de criação e produção de forma interconectada”, segundo Artur Faleiros – responsável pelo roteiro, gravação e edição do projeto.

O material é inédito e organizado pelo artista circense, comunicador e produtor cultural Artur Faleiros Neves.  O acesso é gratuito e já encontra-se disponível. Clique na imagem e assita!

SINOPSE DO PROJETO | Como fazer um release? E uma sinopse? Qual é a diferença entre esses dois textos? Existe uma forma / linguagem certa? Dicas, ferramentas, técnicas e exercícios de redação para elaboração de Sinopse e Release. Uma abordagem sobre a prática de redação e suas estruturas de linguagem.

Este projeto foi realizado com apoio do #ProAC2021 na linha “ProAc Direto nº 39/2021 –  FOMENTO DIRETO A PROFISSIONAIS DO SETOR CULTURAL E CRIATIVO: Modalidade D: Produtores e Gestores culturais.

Artur Faleiros é formado em Comunicação Social pela UNESP e atua como artista, diretor e orientador circense e produtor cultural. É criador dos espetáculos solos “Malabamétrico” e “MCirco”, criador e co-fundador da companhia AMÁLGAMA. É também autor da #ApostiLAB – LABORATÓRIOS CIRCENSES: 63 práticas autônomas para criações” e idealizador do “Laboratório de Criação Circense”.

+++++ NOTA DE SERVIÇO | VÍDEO AULA – #COMUNICAARTISTA

Técnicas e Ferramentas de Comunicação para projetos culturais e artísticos: Release e Sinopse – dicas, informações e exercícios

Realização (roteiro, gravação e edição): Artur Faleiros

Duração:  26 minutos e 13 segundos – Acesso gratuito 

Vídeo no Youtube: LINK DO VÍDEO NO YOUTUBE

Contato: [email protected]

Este projeto foi realizado com apoio do ProAc 39/2021 – FOMENTO DIRETO A PROFISSIONAIS DO SETOR CULTURAL E CRIATIVO

(Link do vídeo) | (Cartazes de Divulgação

#CircoDeDebates – PROCESSOS CRIATIVOS SOLOS – PERCURSOS ARTÍSTICOS

#CIRCODEDEBATES Espaços de reflexão, trocas e questionamentos sobre processos de criação e “fazeção circense” em rodas de conversas e discussões sobre o encontro dos temas: “Circo contemporâneo”; “Criação” e “Processos Criativos”. A cada rodada, Artur Faleiros convida duas pessoas para participarem da dinâmica. Os encontros são virtuais, via plataforma zoom , com espaços de participação ativa, também, para o público caso haja interesse. (Clique aqui e confira mais informações sobre a 1ª edição)


No dia 25/08 aconteceu a 2ª edição do #CircoDeDebates e desta vez com a participação de Vulcanica Pokaropa e Jorge Zeta. Para esta roda de conversa a pergunta disparadora do encontro foi:  Como pensar a organização de processos em criações individuais?

PROCESSOS CRIATIVOS SOLOS – PERCURSOS ARTÍSTICOS: Pesquisa, Investigação, Criação, Aprimoramento, Direção, Composição, Coreografia…o que é e como se organizam os processos criativos e suas etapas?…uma reflexão sobre os percursos artísticos na construção de um espetáculo solo Circense… quais os pensamentos por trás dos processos criativos na criação? 

25/08/2022 – Quinta-feira (20h) – Via Zoom

Este projeto foi contemplado pela 6ª edição do Programa de Fomento ao Circo para a cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura

Convidades da rodada:

Jorge Zeta é artista cômico com pesquisa em circo-teatro desde 2002. Integrante e fundador da “The Pambazos Bross” (2004) com a criação de 6 espetáculos que circularam mais de 25 países. Estudou com grandes mestres da arte circense, como Anatoli Lokachtchouk, Ricardo Pucceti, Chacovachi, Leris Colombaioni e Pierre Byland entre outros desde 2015 desenvolve uma oficina de montagem de números cômicos. Em 2020 começa a montagem do solo Viktor e Brutus, com direção de Ricardo Pucetti.

Vulcanica Pokaropa é Travesti formada em Fotografia, Mestra em teatro pela UDESC, Doutoranda em Artes pela UNESP. Produtora Cultural, Artista Plástica, Circense e Visual. Sua pesquisa aborda a presença de pessoas Transexuais, Travestis e Não Bináries no Teatro, Performance e Circo. Produtora da série “Desaquenda” que foi seu principal trabalho do Mestrado e está disponível no youtube pelo canal da “Cucetas Produções. Integra a Cia Fundo Mundo de circo, formada exclusivamente por pessoas Transexuais, Travestis e Não Bináries.

Malabamétrico – Mostra de Processo com Escuta ativa

Na quinta-feira (18/08), às 20h o Centro Cultural Tendal da Lapa abre as portas para uma mostra de processo com escuta ativa do espetáculo #Malabamétrico. Após a apresentação o público será convidado para um bate-papo em formato ensaio aberto! A atividade integra o programa de #ResidênciaAutônoma em busca de renovação do espetáculo. Este projeto foi contemplado pela 6ª edição do programa de Fomento ao Circo para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura para a renovação do espetáculo que entra em circulação no mês de Outubro! 

SINOPSE | MALABAMETRICO é uma obra solo de circo-dança-teatro com criação e interpretação de Artur Faleiros. Em cena uma personagem com Transtorno Obsessivo Compulsivo luta contra suas próprias paranóias na busca de uma apresentação impecável.  Uma coreografia milimetricamente marcada permeada de improvisações absurdas que unem malabarismo, acrobacia e dança com toques de limpeza. Um espetáculo na medida.

Duração média: 30 minutos

#Malabamétrico- Mostra de processo com escuta ativa

18/08 – 20h – quinta-feira

Centro Cultural Tendal da Lapa – Av Guaicurus, 1100

FICHA TÉCNICA

Criação e Direção: Artur Faleiros

Trilha Sonora: Henrique Mendonça

Foto: Ariane Artioli

Cartaz: Nathália Barreiro

Ilustrações: Pincel Atômico – Lucas Fontana

Produção: Faleiros.ART

Produção artística: Luiza Alves

Assistente de produção: Fernanda Vilela

×

Olá!

Você pode enviar mensagem diretamente por Whatsapp, basta clicar no contato abaixo...

×